70752304_3255484677825092_32645910610030

Livro físico + frete

Há mais de dois anos na estrada, viajando de maneira econômica, a autora decidiu transformar seus diários de bordo em um delicioso romance não-fictício recheado de dicas para viajar com pouca grana. O livro não é apenas um convite às viagens literais, Manoela nos proporciona um mergulho interior, a partir de suas divertidas experiências.
Se a estrada é uma oportunidade de aprofundar-se no universo espiritual, a autora trilhou um instigante caminho, cercado de experiências culturais, raciais e humanas. A narrativa única de uma das poucas viajantes negras reconhecidas no Brasil, vai muito além de um guia de viagens!

 
Book.jpg

ebook

More than two years on the road, traveling economically, an author decided to transform her logbooks into a delicious non-fictional novel filled with tips for traveling on a budget.
The book is not just an invitation to literal travels, Manoela offers us an inner dive, from his fun experiences.
If the road is an opportunity to delve deeper into the spiritual universe, the author followed an exciting path, surrounded by cultural, racial and human experiences.
The unique narrative of one of the recognized black women in Brazil, goes far beyond a travel guide!
Se a estrada é uma oportunidade de aprofundar-se no universo espiritual, a autora trilhou um instigante caminho, cercado de experiências culturais, raciais e humanas. A narrativa única de uma das poucas viajantes negras reconhecidas no Brasil, vai muito além de um guia de viagens!

 
 
71118470_3272990216074538_58042030670542

livro físico

Em busca do Norte é o segundo livro da série “viajante sem grana”, é o resultado do meu segundo ano me aventurando pelo Brasil, desse vez mais especificamente pela região Norte. Ainda falo pouco sobre ele, até porque não é fácil divulgar um livro, imagine dois.. deixo ele pegando carona no sucesso do primeiro, pra quem retorna querendo mais, pra quem quer continuar entrando nas minhas viagens.
Apesar de ser o segundo livro da série, ele não é exatamente o livro 2. Sem dúvidas é a continuação dessa jornada que venho percorrendo. Agora com mais experiência, viajar pelo Norte foi profundo demais, me fez acessar locais que nem sabiam existir dentro de mim. Agora como uma escritora viajante e não mais como a viajante sem grana. Abordo o apoio que a comunidade preta vem desempenhando nessa minha caminhada, o acolhimento dos nativos demonstrando a expressão cultural de um povo amoroso por demais. A visão de como é ser uma mulher viajando sozinha, as descobertas do distanciamento das regiões, preconceitos que existiam em mim, surpresas que não deveriam ser tidas como.. encontros que mais pareciam reencontros, a urgência de despertar consciência dos povos originários em cada um, a causa indígena tão abafada no Sudeste...abordo principalmente a perspectiva de uma mulher preta, identificada com a cultura africana, se conectando cada vez mais com os irmãos em diáspora.
Ir em busca do Norte, ajudou a me aproximar mais ainda do Norte que há em mim. Essa região contribuiu demais para o meu desabrochar, esse livro é minha gratidão a tudo que vivi la